Campos de Invisibilidade, 2018

/Posted by: vitorcesar

Linguagem visual, expografia, material impresso e sinalização

 

Projeto gráfico e espacial realizado com O grupo Inteiro, em que ambos são entendidos como processos instalativos e de mediação da exposição. Curadoria de Claudio Bueno e Ligia Nobre. Sesc Belenzinho.

O nome daquilo que se chama, 2018

/Posted by: vitorcesar

Publicação

Livro da artista Julia Kater, editada pelo curador Paulo Miyada. A publicação foi produzida por ocasião de uma exposição e procurou funcionar como uma atualização do pensamento expositivo enquanto livro. Português e Inglês, 160 páginas, 17cm, 23cm, impressão colorida e full black.

20 Festival Arte contemporânea Sesc_Videobrasil, 2017

/Posted by: vitorcesar

Linguagem visual, material impresso e sinalização

 

Projeto realizado para o 20º Festival Videobrasil_Sesc de arte contemporânea, em colaboração com Felipe Kaizer, que procura articular as questões apresentadas pelos artistas e curadoria. Publicações com Frederico Floeter e sinalização com Guilherme Pardini e Marcelo Venzon.

20 Festival Arte contemporânea Sesc_Videobrasil, 2017

/Posted by: vitorcesar

Publicações

 

Livro/catálogo da exposição Panoramas do Sul, com estruturação enciclopédica e documentação sobre artistas do 20º Festival Sesc_Videobrasil. Organização de Solange Farkas, Ana Pato, Beatriz Lemos, Diego Matos e João Laia.  Livro Uma comunidade múltipla, com curadoria editorial de João Laia, procura adensar uma reflexão a partir das questões trabalhadas na curadoria do 20º festival. Com participação de Donna Haraway, Apichatpong Weerasethakul, Mark Dery, entre outros. Projeto gráfico e diagramação realizados em colaboração com Frederico Floeter. Ambos em português e inglês, impressão colorida, relevo. Panoramas do Sul: 216 páginas; Uma comunidade Múltipla: 304 páginas.

Projeto Contracondutas, 2016/2017

/Posted by: vitorcesar

Linguagem visual, materiais impressos, workshops

 

Projeto de linguagem visual do Contracondutas, um projeto político pedagógico, realizado pela Escola da Cidade. Com curadoria de Ligia Nobre a Carol Tonetti, a pesquisa sobre trabalho e migração na construção civil. O material gráfico teve como ignição workshops realizados na Escola da Cidade e utilizou como matéria base um conjunto de diagramas encontrados na internet que buscavam representar a ideia de esfera pública.

O livro foi editado por Carol Tonetti, Ligia Nobre, Gilberto Mariotti e Joana Barossi. O desenvolvimento gráfico foi feito em diálogo direto com os editores, de modo que essas atividades foram mutuamente influenciadas, com a colaboração de Frederico Floeter. Português e Inglês, 17cm x 24cm, 640 páginas, impressão colorida.

 

 

A Marquise, o Mam e nós no meio

/Posted by: vitorcesar

Sinalização

Projeto realizado em parceria com O grupo inteiro, conjuntamente com o desenvolvimento do projeto espacial. A curadoria de Ana Maria Maia.

Residência artística Redbull Station, 2018

/Posted by: vitorcesar

Publicação, em colaboração com Claudio Bueno.

 

Livro com documentação das residências de 2013/2014 Red Bull Station, contendo trabalhos, textos e entrevistas com os artistas. A proposta foi trazer para a materialidade da publicação certa informalidade do processo. Português e Inglês, 21cm 26cm. Foram impressos 4 blocos de cadernos de 2 x 2 cores Pantone diferentes, 312 páginas.

 

 

Carimbos, 2018

/Posted by: vitorcesar

Publicação, em colaboração com Fernanda Porto

 

Livro do artista José Claudio, com trabalhos de diversos períodos e textos críticos de Clarissa Diniz e Fernanda Porto.

Exposição Sala de leitura, 2017

/Posted by: vitorcesar

Linguagem visual, publicação e diagramação da exposições

 

Exposição com textos de artistas, curadoria de Galciani Neves, no Sesc São Carlos.

Observar Construções Atravessando Monumentos, 2016

/Posted by: vitorcesar

Livro

 

Publicação realizada como resultado de obra comissionada pelo programa Videobrasil em Contexto e desenvolvida durante residência de três meses [Maio—Julho/2015] no A-I-R Laboratory do Centre for Contemporary Art Ujazdowski Castle, Varsóvia, em 2015.

Frestas Trienal de Artes, 2014

/Posted by: vitorcesar

Linguagem Visual, material impresso, sinalização.

 

Exposição com curadoria de Josué Mattos, que inicia o projeto Frestas Trienal de Artes, no Sesc Sorocaba. Projeto de linguagem visual realizado com a colaboração de Fred Floeter, e assistência de Deborah Salles.

Revista Urbânia, 2014

/Posted by: vitorcesar

Publicação.

 

Projeto Gráfico da Revista Urbânia 5, editada pela artista Graziela Kunsch, como parte de seu trabalho na 31ª Bienal de São Paulo. Realizado com a colaboração de Frederico Floeter e Deborah Salles. 288 páginas.